CJA encerra primeiro ciclo do Projeto Tutoria e planeja ampliação em 2019

Compartilhe

A Comissão da Jovem Advocacia (CJA) da Ordem dos Advogados do Brasil – Subseção Campina Grande (OAB-CG), encerrou na última semana de novembro o primeiro ciclo do projeto Tutoria, idealizado por integrantes da comissão. Seis jovens advogados recém-formados foram beneficiados na fase piloto. O objetivo agora é aumentar o número de profissionais favorecidos para 16 no primeiro semestre de 2019 e para pelo menos 25, no segundo.

Conforme explicou o advogado Luiz Felipe de Moura, a ideia partiu dele e do colega de CJA, Matheus Macedo Góes, com inspiração em um projeto semelhante já existente no estado do Ceará.

“Trocamos muitas ideias com o pessoal do Ceará durante a Conferência Nacional da Jovem Advocacia que aconteceu em Natal, no Rio Grande do Norte. A partir daí pensamos em implementar o projeto em Campina Grande, adaptando-o para nossa realidade”, disse.

Ainda segundo ele, nesta fase piloto, a Tutoria durou quatro meses. “Trabalhamos as matérias de Direito Previdenciário, do Trabalho, Civil e Criminal. Nomeamos tutores em escritórios de advocacia e cada pupilo passou um mês num escritório diferente, tendo vivência prática, desenvolvendo os conhecimentos teóricos e adquirindo novas aptidões, de acordo com as matérias trabalhadas. Para marcar o último mês desta primeira fase, realizamos uma cerimônia no dia 26 de novembro, quando cada tutor pôde explicar um pouco mais do que se tratava sua área de atuação no Direito e os pupilos puderam tirar as dúvidas que ainda restavam”, completou Luiz.

Ele reforçou que a intenção agora é expandir e consolidar o projeto. “A ideia é que a partir do ano que vem a Tutoria dure seis meses, para que o pupilo desfrute de mais tempo com cada área do Direito, sendo um mês e meio para cada área, abrindo mais vagas, 16 no primeiro semestre e, se tudo ocorrer bem, 25 ou 30 pupilos no segundo”, informou.

O presidente da CJA, Bráulio Lira, destacou a importância de mais esta ação da Comissão.

“A Tutoria é mais um projeto pensado e colocado em prática pela CJA, que visa facilitar a vida do jovem advogado, pois muitas vezes o advogado sai da faculdade, recebe sua carteira, mas não tem prática alguma e a Tutoria busca justamente proporcionar esta prática ao jovem advogado, através de advogados mais experientes que atuam como tutores, compartilhando o dia a dia da advocacia”.

Já o presidente da OAB-CG, Jairo Oliveira, enalteceu o pioneirismo do projeto na Paraíba e parabenizou a CJA pela iniciativa.

“Trata-se de um projeto pioneiro aqui na Paraíba, encabeçado por uma Comissão que tem tido um trabalho efetivo, direto e objetivo e isso é muito importante, a Comissão da Jovem Advocacia está de parabéns, é um projeto que traz o jovem advogado para o mercado de trabalho muito melhor preparado, sobre a prática do Direito, como adentrar numa sala de audiência, como lidar com juiz, como fazer uma sustentação oral, tudo isso que é inerente à nossa prática”, frisou.

Confira a galeria.

Compartilhe